Monday, July 10, 2006

de emendas - e sonetos de amor

senhores deputados, tenho certeza de que é um projeto pertinente. enquanto já criamos e aprovamos licenças trabalhistas voltadas para o benefício de cidadãos recém-casados, mães, pais, funcionários enfermos e/ou em tratamento médico, penso que é chegada a hora de certificarmos mais um desdobramento nesse ínterim. dirijo-me aqui àqueles que podem compreender o vulto de minha colocação: quando os senhores solteiros dão início a um relacionamento, digamos, "firme" - posso utilizar palavras desta sorte em tão nobre e pomposo espaço como nossa câmara? - desejam, certamente, dispender da maior quantidade de tempo possível ao lado da pessoa em questão. no entanto, momentos importantes como o despertar ou a tarde chuvosa debaixo dos cobertores podem ser prejudicados visto que ambos os cônjuges precisam atender a suas obrigações trabalhistas - e, conseqüência, abandonar, com o perdão da saliência, o "bem bom" de uma relação fresca. minha proposta é aprovarmos a licença-namoro, que beneficiará essas pessoas com uma semana de afastamento de seus serviços, sem desconto na carteira. assim poderemos evitar um alto índice de abstinência por doenças forjadas e/ou imaginárias, que vêm em sua grande maioria para suprir e justificar o bom aproveitamento destes tão importantes momentos ao lado do sujeito amado. opiniões?

6 comments:

dam said...

apoiado!

maninha said...

Vai encaminhar quando? Joga na internet e recolhe assinaturas, com algumas milhões você consegue jogar o projeto na câmara!!

Anonymous said...

"Apoiado!" número dois. *levantando os braços* :)

Beijos!

(Ruy)

Stêffani Arcanjo said...

Apoiada! Ser feliz no relacionamento hoje em dia parace ser apenas bem sucedido nas questões pulíticas-socias e econômicas de nosso país! Essa Lei diminuiria o excesso de respostas idesejadas como: "é o stress benzinho"; e aumentaria o vocabulário dos conjuges quando fosse colocado em questão: "vamos discutir nossa relação?". Afinal, teríam uma semana a mais juntinhos...

passei só pra dizer oi Marcell!!


Stêffani Arcanjo

Nessa said...

apoiadíssima!

AndréCustódio said...

uma semana?
ah tá bom vai...
acho pouco mas vá lá,nobilíssima iniciativa.